Artigos

Entendendo um pouco sobre cartão de crédito

Entendendo um pouco sobre cartão de crédito

O Mercado, sofrendo pela necessidade de novos produtos que não só duplicata e cheque, de algum novo tempo vem se aproximando das operações com recebíveis de cartão de crédito, ferramenta de pagamento que tem se destacado, e muito, nos últimos anos, sendo um dos principais motivos do desaparecimento do cheque. Para compreender um pouco o […]

Continue a ler

Contrato mãe e demais documentos da operação devem ser assinados pelo e-CNPJ ou e-CPF?

Contrato mãe e demais documentos da operação devem ser assinados pelo e-CNPJ ou e-CPF?

Inicialmente é importante que tenhamos claro o conceito de certificação digital, qual seja, é a atividade de certificar assinaturas digitais, identificando e reconhecendo o seu titular e a sua correspondente chave pública.

Continue a ler

SINFACRS: Pioneiro na representação legal das consultoras especializadas em fundos de investimentos

SINFACRS: Pioneiro na representação legal das consultoras especializadas em fundos de investimentos

O SINFACRS foi a entidade sindical pioneira na ampliação da sua base associativa, açambarcando as chamadas Consultorias Especializadas em fundos de investimento. Esta entidade (Consultoria Especializada) é a que atua abrindo e visitando os cedentes, recolhendo cadastros e indicando os títulos a serem adquiridos, dentre outras atividades, agindo como o “chão de fábrica” da estrutura […]

Continue a ler

Duplicata digital x digitalizada: como funciona?

Duplicata digital x digitalizada: como funciona?

No artigo, demonstramos o conceito de documento digitalizado e documento digital. O primeiro passo é compreender que a digitalização é o processo pelo qual uma imagem ou sinal analógico é transformado em código digital por meio de dispositivo apropriado (scanner), ou seja, um documento digitalizado é uma imagem do documento analógico (físico) que foi scanneado. […]

Continue a ler

Sacado que se retrata após confirmação. Como ficam nosso direitos?

Sacado que se retrata após confirmação. Como ficam nosso direitos?

É no momento em que o sacado recebe a notificação, que deve manifestar sua contrariedade. Passado este prazo, está precluso o seu direito contra a portadora do título.

Continue a ler

O que são as fintechs subadquirentes?

O que são as fintechs subadquirentes?

Os meios eletrônicos de pagamento vieram para ficar e vão avançar cada vez mais. É um mercado novo, no qual todos ainda estão se ajustando, mas o segmento das empresas que aliam finanças e tecnologia têm tudo para crescer e se desenvolver nos próximos anos.

Continue a ler

Operar com empresas em recuperação judicial: Algumas dicas para enfrentar o risco

As estatísticas não indicam uma redução de requerimentos de recuperação judicial de empresas, e apenas para detalhar, entre janeiro e outubro de 2016 foram requeridas 1.600 Recuperações judiciais e 1.553 falências.

Continue a ler

A legalidade e importância das contribuições assistencial e sindical

Nosso setor tem no Sinfac um porto seguro, um local onde pode buscar consultoria, treinamento, pareceres, convênios, representação perante o judiciário, legislativo e outras entidades de classe

Continue a ler

Operar com empresas em recuperação judicial: algumas dicas para enfrentar o risco

As estatísticas não indicam uma redução no número de requerimentos de recuperação judicial – que chamaremos doravante de RJ – de empresas, e apenas para detalhar, entre Janeiro e Outubro de 2016 foram requeridas 1.600 recuperação judiciais e 1.553 falências, contra 1.015 recuperações e 1.483 falências em igual período de 2015, segundo a Serasa Experian. […]

Continue a ler

Como enfrentar a recuperação judicial das empresas?

Com o Advento da crise em 2015, o número de empresas que usaram o recurso da Recuperação Judicial (simplesmente chamada de RJ) aumentou consideravelmente, com números expressivos.

Somente em 2016, de janeiro a julho foram 1.098 novos pedidos de RJ no Brasil, além de 1.058 requerimentos de falência no mesmo período, números nunca vistos e que, possivelmente, seguirão aumentando até o final da crise, sendo importante alertar: a cada empresa grande que toma a medida, tantas outras arroladas na RJ acabam por ter que seguir pelo mesmo caminho, num verdadeiro “efeito dominó”.

Continue a ler